As 10 cervejas mais estranhas do mundo

Existem muitas coisas estranhas, e com advento da internet, Google, redes sociais e mais um monte de ferramentas que faz com que tenhamos conhecimento das coisas mais bizarras e estranhas que seres humanos não menos estranhos andam comendo, bebendo e aprontando mundo afora, como a cerveja de barba, que esta sendo produzida pela Rogue Ales. E é sobre isso que vou falar as 10 mais estranhas e bizarras cervejas do mundo.

Cerveja de Cocô de Gambá

Essa cerveja é produzida pela cervejaria dinamarquesa, Mikkeler, e leva em sua composição o famoso Kopi Luwak, que é considerado o top entre os cafés goumert e é fabricado a partir de grãos de café que são ingeridos pelas civetas (um tipo de gambá da Indonésia) e depois de um tempo são defecados, processados e preparados para o consumo. Enfim, não é uma cerveja de cocô de gambá, mas sim uma cerveja feita de grãos de café contidos no cocô do gambá.

Cerveja de Leite – Bilk

O nome vem da junção entre “Beer” e “Milk”, daí o motivo de Bilk, ou seja, muito óbvio. Ela é produzida com uma parte de leite e duas partes de cerveja. Dizem que tem um gosto adocicado, provavelmente derivado da lactose, já que as leveduras utilizadas na fabricação dessa cerveja não conseguem fermentá-la.

 

Cerveja de Wasabi

Uma cerveja feita de wasabi. Alguém arrisca dizer de onde ela vem? E será que combina com o quê?

La Dragonne

Para os que gostam de uma cerveja estupidamente gelada, a La Dragonne, produzida na Suíça, não deve ser uma das opções mais votadas para se pedir em um boteco, já que ela foi elaborada para ser servida quente, por volta de 43º a 48º. Quase um chá.

Cerveja de Pizza

Uma cerveja que leva manjericão, orégano, tomate e alho. Claro que a fabricação de cervejas é algo mágico e que as vezes experimentamos sabores como os de cravo nas cervejas do estilo “Weiss”, sem que estas nem mesmo tenham levado cravo em sua fabricação, mas uma cerveja com esses ingredientes nada convencionais deve lembrar muito mais um daqueles salgadinhos com sabor artificial de pizza, do que uma pizza propriamente dita.

Fish Beer – Cerveja de Peixe

Uma cerveja japonesa feita com farinha de arroz, lúpulo e dashi, uma mistura feita dos peixes Konbu e Bonito, muito usada em sopas.

 

Cerveja de Bacon

Produzida pela famosa cervejaria Rogue, a Voodoo Bacon Maple Ale tem sabor de bacon e um leve toque de maple syrup (aquele famoso xarope canadense, muito usado em panquecas doces nos cafés-da-manhã).

 

Cock Ale – Cerveja de Galo

Esse era um tipo de cerveja de produção muito comum na Inglaterra nos séculos XVII e XVIII, além de ainda ser produzida em alguns lugares, mas numa escala menor. Leva carne de galo em sua fabricação e como o próprio rótulo adverte, não é uma cerveja para vegetarianos.

Cerveja de Viagra

Uma cerveja para ser apreciada com cautela e moderação, já que ela é realmente produzida com “viagra” em sua receita. Seu nome é Royal Virility Performance, produzida pela BrewDog em homenagem ao casamento do Príncipe Willian com Kate Middleton, em um lote de apenas 1000 garrafas de 330ml. Segundo a própria cervejaria, o viagra utilizado é um “herbal viagra”, uma espécie de viagra natural, mas existem outros componentes afrodisíacos na receita.

Original Pussy Beer

Estudiosos do assunto afirma que a cerveja pode ter sido inventada por mulheres, por volta de 7000 a 4000 a.c, talvez por causa disso e para homenagear essas mulheres, uma tailandesa resolveu usar suas próprias leveduras vaginais na fermentação Pussy Beer (cerveja de vagina)
























Will Costta

Be the first to comment

Leave a Reply

Seu e-mail não será publicado.


*