Como ficar com a Vagina mais apertada as várias formas possíveis

]

Como ficar com a Vagina mais apertada as várias formas possíveis
Como ficar com a Vagina mais apertada as várias formas possíveis

São muitas as mulheres que quer com o passar dos anos ou  devido aos partos ficam descontentes com a sua vagina e querem ficar com a vagina mais apertada.

Este descontentamento se reflete na sua autoestima e na forma até de encarar o sexo e de ter prazer.

Hoje em dia e devido a cada vez mais procura de produtos para ficar com a vagina mais apertada há no mercado várias formas, para além das mesinhas ancestrais.
Porém a Dr. Sunila Sanjeev, ginecologista do hospital MGM em Mumbai, diz que realmente as cirurgias e os exercícios ajudam realmente a ficar com a vagina mais apertada, já os méritos dos restantes métodos ela questiona a eficácia.
Mas o fato é que mulheres e homens gostam de bem apertadinho, é mais prazeroso e ainda que de acordo com estudos sexo uma vez por semana é o suficiente para um casal ser feliz, sexo com qualidade e em que ambos têm o máximo de prazer possível é do melhor independentemente das vezes que se faça.

Como ficar com a Vagina mais apertada as várias formas possíveis

1) Ficar com a Vagina mais apertada: Cirurgia
Como ficar com a Vagina mais apertada as várias formas possíveis
Como ficar com a Vagina mais apertada as várias formas possíveis
Agora, esta é uma das maneiras mais eficazes para obter uma vagina mais apertada. Existem diferentes tipos de cirurgias para o aperto vaginal. Vaginoplastia é a opção mais comum, cosméticos disponíveis em que as paredes da vagina são apertadas.
Outro tipo de cirurgia é o rejuvenescimento vaginal, que utiliza um laser para apertar a vagina. Porém ambas são um pouco caras.
2) Ficar com a Vagina mais apertada: Gel de aperto vaginal, cremes, oleos 
Como ficar com a Vagina mais apertada as várias formas possíveis
Como ficar com a Vagina mais apertada as várias formas possíveis
Outros produtos que estão facilmente disponíveis e amplamente comercializados são géis/cremes vaginais para apertar. Esses produtos contêm extratos de plantas que aparentemente ajudam no reforço e a restaurar a elasticidade perdida das paredes vaginais.
Alguns cremes também prometem diminuir o tamanho da vagina para torná-lo mais apertado.
Eles são para ser aplicada às paredes internas da vagina, outros no lábios e na parte externa têm normalmente uma função adstringentes que acaba a remover a lubrificação vaginal, é o ressacamento da vagina que vai dar a sensação de aperto, dando a simulação de uma vagina “virgem”.
3) Ficar com a Vagina mais apertada: Sabão de aperto Vaginal
Como ficar com a Vagina mais apertada as várias formas possíveis
Como ficar com a Vagina mais apertada as várias formas possíveis
Estes sabões aperto vaginal são normalmente na forma de um bastão que tem de ser inserido na vagina durante alguns segundos antes do sexo. Estes, aparentemente, fazem a vagina mais apertada e eliminam odores estranhos.
4) Ficar com a Vagina mais apertada: comprimidos orais 
Como ficar com a Vagina mais apertada as várias formas possíveis
Como ficar com a Vagina mais apertada as várias formas possíveis
Há muitas pílulas de aperto vaginais orais disponíveis no mercado. Estes comprimidos são normalmente feitas a partir de fitoestrogénio que é o estrogênio, a partir de uma fonte vegetal.
Essas pílulas pretendem rejuvenescer a vagina tornando-se mais apertado e mais forte.
Acredita-se também que estes comprimidos aumentam o prazer sexual, fazendo a vagina mais sensíveis e também aumentam a libido.
5) Ficar com a Vagina mais apertada: Exercícios para o assoalho pélvico

São exercícios que se devem fazer ao longo da vida toda, e para quem vai ser mãe já deve estar a fazer os mesmo.

Estes exercícios fortalecem os músculos tornando-os mais fortes, inclusivamente ajudam a tornar a vagina mais apertadinha e a prevenir incontinência urinária.

E um dos grandes benefícios é melhorar a qualidade do orgasmo e claro o parceiro vai gostar de vagina “musculada” e apertada

Como ficar com a Vagina mais apertada as várias formas possíveis
Como ficar com a Vagina mais apertada as várias formas possíveis
Pode parecer fácil, mas para os exercícios do assoalho pélvico funcionarem, você tem que fazer os exercícios sem:
– encolher os músculos do abdome acima do umbigo
– apertar as pernas uma contra a outra
– enrijecer o bumbum
– prender a respiração
Se estiver na dúvida de que está fazendo o exercício corretamente, coloque um ou dois dedos limpos na vagina e tente fazer o exercício – você deverá sentir uma leve compressão.
Outra possibilidade é contrair os músculos durante a relação sexual e perguntar para seu parceiro se ele sentiu alguma coisa (se o exercício estiver correto, ele sentirá como se você tivesse “abraçado” o pênis dele). É bem provável, aliás, que ele goste.
Quando está a urinar tente parar a urina, no início pode não conseguir mas com a prática irá conseguir, ou imagine que esta a evitar dar um pum, desta forma consegue identificar os músculos certos.
A beleza destes exercícios é que pode fazer deitada, sentada em pé, não tem hora nem lugar.

Exercícios

Ficar com a Vagina mais apertada: Exercício do assoalho pélvico número 1 – contração e relaxamento básicos.
Deite-se de costas, de lado, ou de bruços, com as pernas e o peito relaxados. Imagine o “oito” do assoalho pélvico.
Faça uma contração e sinta os esfíncteres ficando mais apertados e as passagens internas (vagina, uretra, ânus) mais fechadas. Relaxe.
Concentre-se no esfíncter da frente, o que fecha a vagina e a uretra. Coloque a ponta dos dedos em cima do osso da púbis (mais ou menos onde começam os pêlos, indo da barriga para a vulva) e contraia bem forte a vagina.
Dá para sentir a contração nos seus dedos também, pois o osso se move do lugar dele. Conte até cinco e relaxe. Repita 10 vezes.
À medida que você vai ficando mais forte nessa área, vá aumentando as repetições. O ideal é chegar a 50 vezes, três vezes ao dia.
Ficar com a Vagina mais apertada: Exercício do assoalho pélvico número 2 – O Elevador
Como ficar com a Vagina mais apertada as várias formas possíveis
Como ficar com a Vagina mais apertada as várias formas possíveis
Coloque-se em uma posição confortável.
Imagine que você está subindo em um elevador.
À medida em que você sobe os andares, tente imaginar os músculos cada vez mais contraídos, sem perder a contração que vai se acumulando.
Quando estiver bem contraído, vá descendo os “andares” aos poucos, até relaxar completamente os músculos. Sempre termine o exercício com uma contração.
Nesses exercícios para ficar com a vagina mais apertada, a qualidade é tão importante quanto a quantidade.
E o bom é que esses exercícios podem ser feitos durante praticamente qualquer atividade, e ninguém precisa saber que você está se exercitando.
Na verdade todos querem a vagina mais apertada a sensação de quando se inicia a vida sexual, molhado e apertado eles gostam e nós temos mais prazer há no entanto várias mesinhas caseiras que podem no entanto causar danos a longo prazo quando se fazem, uns tais de banhos com uma tal de pedras humos…
Portanto muita atenção ao que se tenta fazer em casa em especial numa zona tão intima. E se neste momento está a pensar, apertado será que é por isso que ele quer anal, sim também o atrito é diferente e mais apetitoso.
Mas se é homem e pensa ela não é apertada, fique a saber que o não estar apertado pode ser um sinal de que ela não está a fim, não está nem relaxada nem com tesão.
Deixe-nos a sua opinião sobre o assunto, já usou algum dos metodos?
Apertado é fundamental?

2 Comentários

Leave a Reply

Seu e-mail não será publicado.


*