Cuidados de beleza na quimioterapia: pele, cabelo e as unhas durante o tratamento

Cuidados de beleza na quimioterapia
Cuidados de beleza na quimioterapia

Tratar câncer com quimioterapia mata as células cancerosas, mas infelizmente, muitos pacientes também têm efeitos colaterais indesejados, como perda de cabelo durante o tratamento de quimioterapia, pele seca durante o tratamento de quimioterapia e até as unhas se ressentem durante o tratamento de quimioterapia.

Durante o tratamento de quimioterapia ver o seu cabelo cair pode ser tremendamente angustiante, e como nós vemos é importante para todos nós, a perda de cabelo pode ser devastador para muitos pacientes de quimioterapia.
Mas há cuidados de beleza que pode ter e deve ter durante os tratamentos de quimioterapia, sendo uma forma de lidar com a mudança e prevenir e minimizar também os efeitos da mesma.
Por exemplo cortar o cabelo curto hidratar a pele regularmente, são Cuidados de beleza na quimioterapia que muitos pacientes adotam.
Então há efetivamente cuidados de beleza durante a quimioterapia que ajudam a combater os efeitos colaterais da quimioterapia.

Cuidados de beleza na quimioterapia: Pele

A quimioterapia geralmente causa pele seca e irritada. Em vez de esperar para lidar com os sintomas após o início do tratamento, os pacientes podem tomar medidas para minimizar os problemas de pele cerca de uma semana antes de iniciar a quimioterapia.
Em seguida, eles podem continuar o regime durante o tratamento. Pode pensar é só pele seca e é um disparate ter cuidados de beleza durante a quimioterapia, mas a verdade é que não se tratada somente de uma questão estética ou se vaidade e ego, a pele demasiado seca pode tornar-se muito sensível e mais susceptível a infecções.
Assim ficam algumas Dicas de Cuidados de beleza na quimioterapia para prevenir problemas de pele durante o tratamento:
 – Evite longos duches quentes ou banhos de imersão.
– Use sabonetes suaves, sem fragrância.
– Detergente para roupa se possível sem fragrância (ou use o da roupa para bebé).
– Use cremes hidratantes, preferencialmente cremes ou pomadas, em vez de loções porque a consistência mais espessa é melhor na prevenção da desidratação da pele.- Aplicar o creme ou pomada ate 15 minutos após tomar banho.
Reaplique hidratante à noite, e hidratar as mãos cada vez que as lavar.
Alguns medicamentos quimioterápicos tornam a pele mais suscetível a queimaduras solares. Use um filtro solar com pelo menos um SPF 30, e certifique-se de que ele protege contra ambos os raios UVA e UVB.

Proteção contra UVA requer ingredientes como óxido de zinco, dióxido de titânio, ou avobenzona.

Pacientes de quimioterapia não precisam evitar o sol. Basta serem inteligentes sobre a exposição ao sol. Use um chapéu de abas largas, roupas protetoras do sol e um protetor solar nível 30 que deve ser reaplicado a cada duas horas se você estiver no exterior, mais ainda se estiver nadando ou a suar.
Cuidados de beleza na quimioterapia: pele, cabelo e as unhas durante o tratamento
Cuidados de beleza na quimioterapia

 

Comichão durante o tratamento de quimioterapia também é comum e pode decorrer de várias causas: a droga de quimioterapia, a pele naturalmente seca de um paciente (particularmente em pessoas acima de 50), ou como um sintoma do câncer em si.
Enquanto muitos pacientes visam alívio de coceira com cremes de hidrocortisona de balcão, eles são muitas vezes muito fracos para serem eficazes.
Em vez disso, os médicos podem tratar coceira com esteroides ou anestésicos aplicados à pele. Se a coceira interfere com o sono, os medicamentos orais podem funcionar.
A pele também pode passar por mudanças de cor durante a quimioterapia, particularmente com o tratamento de câncer de mama ou cólon.
Às vezes, as mãos ou rosto são afetados, o que pode fazer um paciente se sentir Auto consciente. Se isso acontecer, há cremes que branquiam e exfoliantes contendo ácido salicílico que podem ser usados.

Há novas drogas de quimioterapia que também podem causar erupções cutâneas.

Verifique com o seu médico, mas, contanto que não haja feridas abertas em sua pele, nadar é bom para pacientes com quimioterapia.
No entanto, banheiras de hidromassagem não são uma boa ideia para pacientes em fase de tratamento. Elas podem causar maior fluxo sanguíneo na pele, e consequentemente levar a um maior fluxo de sangue para áreas de inflamação.
Não há nenhum estudo efetivo sobre banheiras de hidromassagem e os efeitos em doentes cancerígenos, porem ainda que seja apetecível e seria um ótimo mimo e cuidado de beleza durante a quimioterapia mais vale prevenir, em caso de dúvida consulte seu oncologista.
Cuidados de beleza na quimioterapia: Cabelos

Por que alguns pacientes de quimioterapia perdem o cabelo, não apenas no couro cabeludo, mas também nas sobrancelhas, nos cílios e no resto do corpo?
Muitas das drogas funcionam atacando as células que se dividem rapidamente no corpo, e células tumorais ou células cancerosas estão dividindo rapidamente as células cancerígenas são assim, mas há células normais no corpo que também se dividem rapidamente, e as drogas de quimioterapia afetam essas células normais, o que nos causa efeitos colaterais.
Como os folículos pilosos que se dividem rapidamente, eles também são suscetíveis.  Alguns medicamentos de quimioterapia são mais propensos do que outros a causar perda de cabelo.
Assim, pergunte ao seu médico sobre a probabilidade de perda de cabelo antes de iniciar seu tratamento, então você está preparado e sabe o que você pode esperar.Após a quimioterapia começa, qualquer queda de cabelo geralmente progride rapidamente.
Cuidados de beleza na quimioterapia: pele, cabelo e as unhas durante o tratamento
Cuidados de beleza na quimioterapia

 

Geralmente, os pacientes percebem isso quando acordam de manhã e olham para a almofada vem os cabelos. Depois quando se escovam percebem que cai muito e em grande quantidade.

O que se torna emocionalmente desafiador para os pacientes.

Então pode optar caso ao seu medico lhe diga que o tratamento pode levar à queda de cabelo é o uso de bonés, cortar o cabelo, peruca.
E talvez você queira comprar alguns destes artigos antes e começar o tratamento, tendo assim logo à mão os artigos para evitar que a sua auto estima vá abaixo.
Chapéus, turbantes e cachecóis também podem camuflar a perda de cabelo, há algumas pessoas preferem deixar suas cabeças descobertas.

Se optar por este look não se esqueça de colocar protetor solar no seu couro cabeludo.

Corte seu cabelo curto. Facilita o inconveniente de estar sempre a apanhar o cabelo , mas e sobretudo também pode reduzir o impacto emocional de ver o seu cabelo cair.

Não faça permanentes ou pinte o seu cabelo durante a quimioterapia.

Usam químicos que são prejudiciais ao seu cabelo e pode levar ainda a uma maior queda de cabelo.
Assim que os tratamentos de quimioterapia acabem e o medico diga que esta tudo bem pode voltar a pintar o seu cabelo.
Com a quimioterapia, a perda de cabelo é quase sempre temporária. Mas quando cresce de volta, pode ser com uma cor ou textura diferente.
Em adultos mais velhos que ainda tinham o cabelo com cor antes da quimioterapia, após o fim do tratamento o novo crescimento pode ser completamente cinza. E muitas vezes, o cabelo novo é muito fino e macio.
 
Podem drogas como minoxidil ajudar com queda de cabelo durante a quimioterapia?

Não há uma pesquisa sobre isso, e alguns médicos são céticos, no entanto os pacientes são incentivados a tentar tudo à sua disposição para minimizar a sua angústia, há médicos que recomendam coo forma de estimular o crescimento do cabelo.
Cuidados de beleza na quimioterapia: Unhas

Durante a quimioterapia, as unhas tornam-se frágeis e secas e podem desenvolver linhas e sulcos. As unhas também podem escurecer com certas drogas de quimioterapia. Os efeitos são temporários, mas podem ser visíveis durante meses.
Certas drogas de quimioterapia chamadas taxanos, que são freqüentemente usadas para tratar câncer de mama, próstata e pulmão, são comumente associadas com problemas ungueais.
Para minimizar o efeito dos taxanos nas unhas e o fluxo de sangue para as mãos e os pés, alguns pacientes esfriam as mãos e os pés com luvas especiais durante a infusão das drogas.

Qualquer inflamação das unhas – ou, para isso, qualquer erupção cutânea – que se torna aberta ou produz descarga é um sinal de alerta.

Pode estar infectado e deve ser visto pelo seu médico para que possa ser tratada, se necessário, antibióticos apropriados.
Para o cuidado em casa, os pacientes com sinais de infeção em unhas separadas da carne podem embeber os dedos das mãos ou pés em uma solução de vinagre branco e água por 15 minutos todas as noites ele mata a bactérias.
Cuidados Com os Seios Durante a Gravidez

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *