Direitos ​​de mãe inalienáveis | Dormir é um do direito que toda a mãe tem

Direitos ​​de mãe inalienáveis
Direitos ​​de mãe inalienáveis | Dormir é um do direito que toda a mãe tem

6 direitos ​​de mãe inalienáveis | Dormir é um do direito que toda a mãe tem

Direitos ​​de mãe deveriam ser inalienáveis, correto? Mas não. Já notaram que todos têm direitos?
Tudo o que Deus criou neste mundo e tem vida tem direitos, pelo menos assim parece não é?
Todo o mundo menos as Mães, mãe não tem direitos parece que o mundo e as crianças acham que elas abdicaram de coisas básicas assim que ficaram com o seu barrigão.
Eu sei que pode parecer meio estranho crianças, mas mães precisam de comer, precisam dormir, precisam de mimos, carinho assim como todos os outros seres.
Eu sei parece um absurdo, mas a verdade é que as mães alimentam-se mal a maioria das vezes, dormem pouco, e normalmente não lhe é dispensada a atenção necessária.
Há uma grande confusão entre as necessidades da mãe enquanto individuo, e enquanto progenitora e mundo nós precisamos do mesmo que todos os outros.
6 Direitos ​​de mãe inalienáveis

1. Direitos de mãe inalienáveis ​​: Uma refeição

Eu sou mãe e não a empregada de mesa, mereço comer sentada e ter uma cadeira, você tomou um pequeno almoço? Lanche a meio da manhã e almoço? E reclama que tem fome?
Mãe quando amamenta mal se senta para comer, porque anda com a mama de fora, quando vocês crescem anda a correr atrás para comerem e a tratar do almoço e tudo o mais que possa pensar, come mal e sentar é quase um luxo e mesmo quando sentamos temos de levantar varias vezes, porque é mais a fruta, é mais a água é mais outra coisa qualquer….

2. Direitos de mãe inalienáveis: Sono

Todas amamos nossos filhos muito! Mas quando acordamos às 3h e depois às 4h30 da manhã porque o bebé chorou amamos só nesse instante um pouquinho menos, um pouquinho de nada.
Então por favor cresce e começa a dormir a noite toda directo. Eu não me importo de te ajudar as vezes necessárias juro, mas eu não faço o turno nocturno por gosto, sim amo-te mas eu preciso de dormir como todos os outros seres.

3. Direitos de mãe inalienáveis​​: Bondade/compreensão

 Então da próxima vez que eu fizer uma refeição que não gostes, guarde essa informação para ti mesmo. Se maternidade fosse fácil homem também ficava gravido e não fica.
E filho/a quando cresceres eu até suporto se me digas que meu cabelo esta estranho nesse dia, que tenho olheiras mas se não gostares da comida olha bem para o meu rosto antes de decidires me chatear com essa informação, que eu andei o dia todo a tratar de tudo para que tenhas as coisas de que necessitas e fiz com o maior amor do mundo.
E às vezes a comida sai mal, ou não pode ser simplesmente só o que gostas e que eu até sei que não faz assim tão bem à saúde.

 4. Direitos de mãe inalienáveis: Privacidade

Não há uma mãe no mundo que não ame a cada momento com seus filhos, não tem que ser quando ela está tentando se vestir, tem que usar o banheiro ou precisa mudar um tampão.
Às vezes, e eu sei que isso vai ser uma informação chocante, mas, por vezes, as mães só precisam de alguns momentos para si mesmas.
Então pai e filho (a) quando vir a porta fechada não entre sem bater á porta a mãe também tem direito de fazer xi xi, e tomar banho sozinha.
5. Direitos de mãe inalienáveis​​: Comentários Positivos
OK nós estabelecemos que a mãe tem o direito de não ouvir queixas todo o maldito dia, mas ela também tem o direito de ouvir elogios sobre seu trabalho duro.
Portanto, não basta dizer: “Eu te amo”, quando você está tentando conseguir algum tempo extra de TV. Lembra das roupas sujas que estavam no cesto da roupa?
Elas não desapareceram por magia, sabe a roupa passada que esta nas gavetas? Não foi magia também, sim ela fica feliz em tratar das coisas do seu bem mais preciso, seu filho.
Mas dizer obrigada mãe senta um pouco comigo no sofá seria muito bom.

6. Direitos de mãe inalienáveis​​: Espaço pessoal

Crianças, esta notícia pode explodir as suas mentes, mas quando o médico cortou o cordão umbilical, mãe e criança deixaram de ser um.

Eu sei, incrível não é?! Isso significa que mãe e filho não têm que estar na mesma sala a cada segundo do dia.

Como quando a mãe diz que vai lá em cima apenas para apanhar o cel rapidamente, você não tem que a seguir. Ela vai voltar. Ela provavelmente vai mesmo voltar em 30 segundos. Boa?!

Então crianças de nossos corações e a quem amamos muito, não somos robots ou empregadas ao seu serviço, novidade para alem de sermos mãe também somo indivíduos que tem necessidades básicas, valorizem-nos e amem-nos respeitem-nos que não duramos sempre e sim temo, sim surpresa temos direitos de mãe que são inalienáveis!
E deixem-nos dormir seis horas seguidas, tomar um banho sem interrupções por favor, são direitos de mãe bem básicos, que na verdade são de todos nós.
Leia também:

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *